Solicite um orçamento sem compromisso por e-mail ou pelo WhatsApp.


Nos informe o local de saída, local de destino, dia e horário, tipo de carga, casa ou apartamento, e teremos o maior prazer em resolver o seu trabalho de transporte.



Nome:

Telefone:

E-mail:

Cidade de Origem:
Estado:




Cidade de Destino:
Estado:

















(16) 98863-3000

Vai se mudar pela primeira vez para um apartamento? Confira algumas dicas que podem ajudar.


1 - Situação Econômica: Se você estiver saindo de casa pela primeira vez para morar sozinho, há algumas contas que você deve levar em consideração além do preço do aluguel do imóvel. Você deve observar o valor do condomínio do prédio e somar juntamente com o aluguel, além de considerar outros custos adicionais como: luz, água, gás e telefone.

2 - Custo x Benefício: Quando se tem meio de transporte próprio não é um grande problema morar longe do trabalho ou de estabelecimentos comerciais, porém, a localização do imóvel conta muito quando você depende de transporte público ou faz estes trajetos caminhando.

3 - Posição do Sol: Saber em quais horários o sol ilumina o apartamento ou em quais partes ele incide no seu apartamento ajuda a prevenir o mofo e também é um benefício para a temperatura do ambiente em determinados horários e local para deixar sua roupa secar.

4 - Ventilação: Apartamentos de esquina são os mais indicados na questão da ventilação, apartamentos no meio do prédio tendem a possuir menos ventilação.

5 - Piso: Carpetes são mais difíceis de limpar e se você é alérgico a poeira pode ser um problema. Assoalhos de madeira são bonitos, mas deve ter um cuidado extra para não riscar com móveis. Pisos de porcelanato ou azulejo são mais fáceis de manter limpos e alguns muito mais resistentes.

6 - Acústica: Um dos principais pontos a serem avaliados na hora de escolher um apartamento. Se você é do tipo barulhento que fala alto, ouve música e TV em volume alto ou toca algum instrumento, é bom se certificar que as paredes sejam grossas ou possuam algum revestimento acústico para evitar incomodações. E por mais que você seja quieto, seus vizinhos podem não ser.

É importante saber que para se protegerem da inadimplência as imobiliárias e proprietários exigem garantias. Procure se informar com a imobiliária sobre essas garantias, pois as exigências mudam de acordo com a política da imobiliária. Há empresas que pedem dois fiadores ou renda comprovada de três vezes o valor do aluguel e taxas. A pessoa que se candidata como fiadora precisa ter algum patrimônio, como imóvel, carro ou lote. O nome do fiador também deve estar totalmente sem pendências.

Contudo vale lembrar que também existem outras formas de garantir a locação, sem colocar em risco o patrimônio do fiador caso haja algum imprevisto e não seja possível honrar o contrato, como é o caso do seguro-fiança prestado por seguradoras.